Edição Atual

v. 1 n. 1 (2018): Revista Acta Psicossomática

Revista Acta Psicossomática n.1 v.1 (ISSN 2595-9867) 

Edição completa (pdf)

Editorial (pdf)

Relatos de pesquisa

A emergência de “Maria das Dores”: reflexões sobre a identidade em mulheres com fibromialgia (pdf)

Neftali Beatriz Centurion, Rodrigo Sanches Peres

 

Percepção de risco e distress emocional em mulheres com histórico familiar de câncer de mama (pdf)

Paola Otaran, Elisa Kern de Castro

 

Sintomas Alimentares Infantis e a Interação Mãe-Bebê (pdf)

Caroline Caetano dos Santos, Tagma Schneider Donelli, Giana Bitencourt Frizzo

 

Estudos Teóricos

Validação em psicanálise e causalidade em psicopatologia: efeitos de um debate (pdf)

Paulo Antonio de Campos Beer

 

Édipo e psicanálise: uma tensão entre a teoria e a contemporaneidade (pdf)

Hannah Lampert, Juliano Lagôas

 

O surgimento da noção de estilo em Lacan: do surrealismo à dialética (pdf)

Hugo Leonardo Lana dos Santos, Christian Ingo Lenz Dunker

 

Revisão livre de literatura

 

A felicidade segundo o povo Guarani Mbya: a noção de bem-viver (pdf)

Gabriel Castro Siqueira, Alessandro de Oliveira dos Santos

 

Estudo de caso

Enredando-se pelas teias do Outro: um caso na clínica transcultural psicanalítica (pdf)

Gabriel Inticher Binkowski, Nadia Jorge Berriel

Publicado: 2018-12-20
Ver Todas as Edições

Acta Psicossomática é uma publicação do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade Ibirapuera. A revista tem periodicidade semestral e publica artigos científicos originais, revisões de literatura, relatos de casos, abrangendo assim temas clínicos, pesquisa básica e translacional, bem como discussões teóricas relacionadas ao campo psicossomático. As publicações da Acta Psicossomática visam destacar não apenas os fenômenos psicossomáticos em sentido estrito, mas igualmente a importância do desenvolvimento e do ciclo vital humanos, bem como as relações entre psique e soma e reflexões teóricas e clínicas advindas seja de um campo específico, seja de uma abordagem multidimensional. A multidisciplinaridade da revista reforça a importância de publicações de estudos teóricos e empíricos na área das Ciências Humanas e da Saúde que levem em conta aspectos psicológicos, históricos, inconscientes, socio-culturais e biológicos da constituição subjetiva e das distintas modalidades de sofrimento biopsicossocial. Os artigos publicados são de responsabilidade exclusiva dos autores, e as opiniões neles expressas não refletem necessariamente o pensamento do Corpo Editorial.